26 de Fevereiro de 2016

 

Com a alta do Dólar acabamos deixando aquela viagem internacional tão sonhada e desejada de lado, mas não necessariamente precisa ser assim. É preciso sim evitar países que trabalham com moedas que para nós hoje está bem mais caro do que o normal (Dólar, Euro, Libra e por aí vai) mas podemos ir para países que usem moedas um pouco melhores de se negociar. São o caso dos famosos Pesos (Chilenos, Argentinos, Mexicanos e etc).

 

Trouxe para vocês hoje um destino que me surpreendeu muito positivamente ao conhecer e gostaria de compartilhar ele aqui no blog. Vale lembrar que em tempo de crise o conceito de viagem precisa ser diferente do que estávamos acostumados há anos atrás e antes de falar do destino, vou dar algumas dicas de como viajar em tempos de crise.

 

Santiago

 

Atualmente vale pensarmos muito bem antes de comprarmos algo no exterior ou no Duty Free, é importante também levar o máximo de quantia em espécie do valor que você pretende gastar na viagem, a fim de evitar IOF e variação cambial (que está bem instável e pode te trazer surpresas desagradáveis no fechamento da sua fatura e até no mês seguinte do seu retorno). Outra dica válida é: Se puder viaje fora de temporada, eu adoro viajar em meses aleatórios do ano porque meu trabalho me permite e isso é ótimo pois consigo pagar mais barato nas passagens aéreas e hotéis e também acabo fugindo de lugares muito lotados de turistas, aconselho demais você a fazer isso caso possa. Caso queiram mais dicas de como conseguir se dar bem em viagens me avisem aqui nos comentários que eu faço um post especifico somente sobre isso. Vamos ao destino…

 

Como ia dizendo, o destino que vou contar para vocês é Santiago, capital do Chile e vou dividir esse post em duas partes. A primeira é essa aqui de hoje e nela vou incluir a minha experiência na parte urbana de Santiago e na segunda vou falar sobre o Valle nevado e suas atrações.

 

Fui à Santiago no final de Agosto de 2014 e me surpreendi muito com a cidade, achei sua arquitetura muito charmosa e bonita. Me lembrou  um pouco algumas cidades Européias. Fui com o meu namorado e fomos muito bem recebidos pelos Chilenos. Achei eles um povo fácil de se lidar e bem educados (pelo menos na minha visão de turista).

 

Santiago 1

 

Era inverno e havia neve no Valle Nevado, porém na cidade fazia um frio gostoso e não era insuportável. Tinhamos reservas no Sheraton mas eu acabei me atrasando um pouco no dia do embarque no Brasil e perdemos o vôo (imagina se o Evandro não ficou bravo, rs) e por conta de ter perdido um dia que já estava pago eles nos deram um upgrade para o  San Cristobal Tower que era colado ao Sheraton mas é mais luxuoso.

 

Pesquisei muito em blogs e sites antes de chegar em Santiago e isso me ajudou muito a saber o que fazer na cidade, achei restaurantes incríveis e quero destacar dois para vocês.

 

O primeiro se chama “El Giratorio” e é super famoso na cidade, ele é um restaurante construído em cima de um prédio e o restaurante da uma de volta 360º durante o seu almoço/jantar. Achei a vista bem bonita, a comida bem boa e tinha musica ao vivo no dia em que fomos jantar.

 

El Giratorio

 

Giratorio.

 

Giratorio 2

Minhas pedidas no “El Giratorio”. Nem pensava em de fato ter um blog naquela época, era um desejo reprimido, mas já tirava fotos e separava conteúdo como se tivesse um rs.

 

Outro restaurante que merece destaque neste post é o Mestizo. Ele é um restaurante bem elegante e com ótima gastronomia. Perfeito para um jantar romântico ou um jantar comemorativo. Achei o preço dele bem bom pela qualidade que ele oferece e com certeza vou voltar a ele na minha próxima ida a Santiago.

 

mestizo1

 

thumb_IMG_2443_1024

 

thumb_IMG_2459_1024

 

thumb_IMG_2453_1024

 

 

O chile é muito conhecido por seus vinhos e existem muitas vinícolas no país que fazem passeios monitorados abertos ao publico, é possível você fazer até um tour de vinícolas em Santiago. Eu acabei escolhendo visitar a tradicional e clássica Concha y Toro e escolhemos o tour mais completo deles que tem direito a uma degustação especial de vinhos harmonizado com queijos no final do passeio. Como gosto bastante de vinhos achei a experiência bem interessante e válida.

 

Concha y Toro fig 2

 

Vnicola-Concha-Y-Toro-Santiago

 

IMG_6661

 

IMG_2168

 

IMG_2244

 

IMG_2425

 

IMG_2176 (2)

 

IMG_2173

 

Como puderam perceber Santiago é um destino ideal para quem está em busca de uma viagem gastronômica, rs. Visitamos também alguns shoppings bem legais na cidades e alguns pontos turísticos. Para quem quiser saber mais sobre Santiago ou o Chile em maneira geral, aconselho muito entrar no blog da Fernanda La Salye, autora do Pigmento F. Ela é Brasileira mas está morando em Santiago há alguns anos e foi ela quem me ajudou (através dos seus posts) a me guiar pela cidade. Seu conteúdo é realmente muito bom!

 

Na semana que vem volto com a parte II do post contando a vocês sobre a minha experiência no Valle Nevado e na neve em sí.

 

Beijão e até o próximo post!


Santiago concha y toro

  Com a alta do Dólar acabamos deixando aquela viagem internacional tão sonhada e desejada de lado, mas não necessariamente precisa ser assim. É preciso sim evitar países que trabalham com moedas que para nós hoje está bem mais caro do que o normal (Dólar, Euro, Libra e por aí vai) mas podemos ir para […]

Leia mais









Empresária, publicitária e apaixonada por blogs. Ama maquiagem, livros, séries, restaurantes, viagens e tudo que envolve Disney.

icono-facebook-negro-smukthings_zpsd59dab49 icono-instagram-negro-smukthings_zpsb41fe70a icono-twitter-negro-smukthings_zpsaa2db8af ss2 ss3

desenvolvido por jess quirino